Skip to main content

Conferência Mulheres Imigrantes: Rumo à 2ª COMIGRAR

Mulheres imigrantes têm enfrentado uma jornada repleta de desafios e triunfos. Muitas vezes, suas vozes e experiências são negligenciadas. É por isso que a Conferência Livre Nacional sobre os Direitos das Mulheres Imigrantes, Refugiadas e Apátridas é tão essencial.

O que Esperar?

Esta conferência é parte da preparação para a 2ª Conferência Nacional de Migrações, Refúgio e Apatridia (COMIGRAR). Ela destaca as experiências e desafios enfrentados por mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas no Brasil, incluindo questões de gênero e interseccionalidades como raça, classe e orientação sexual.

Ela é organizada pelos coletivos Cio da Terra, Diásporas Africanas, Equipe de Base Warmis - Convergência das Culturas,  Rede MILBI+ e Visto Permanente, os quais, dentre outros, conformam a Frente de Mulheres Imigrantes, Refugiadas e Apátridas.

A Importância desta Conferência Livre Nacional

A jornada das mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas é marcada por uma variedade de desafios únicos. Desde a busca por segurança até a procura por oportunidades econômicas, essas mulheres enfrentam barreiras significativas ao longo do caminho. No entanto, suas vozes muitas vezes não são ouvidas nas discussões sobre migração e refúgio. A Conferência Livre Nacional sobre os Direitos das Mulheres Imigrantes, Refugiadas e Apátridas visa preencher essa lacuna, fornecendo um espaço para que essas mulheres compartilhem suas experiências, desafios e aspirações.

Ao participar desta conferência, as mulheres podem se conectar com uma rede de apoio vital. Ela oferece um espaço seguro e solidário onde as participantes podem se conectar umas com as outras, compartilhar suas histórias e oferecer apoio mútuo. Essa rede de apoio é essencial para ajudar as mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas a superar os desafios que enfrentam e construir uma comunidade forte e solidária.

A participação nesta conferência também tem um impacto significativo no desenvolvimento de políticas públicas mais inclusivas e sensíveis às necessidades das mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas. As experiências e perspectivas compartilhadas durante a conferência impactam diretamente no desenvolvimento de políticas que afetam as vidas destas mulheres. Ao participar ativamente nessas discussões, as mulheres têm a oportunidade de moldar o futuro das políticas de migração e refúgio no Brasil.

Por que Participar da Conferência Direitos das mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas?

Participar da COMIGRAR e das etapas preparatórias como a Conferência de Mulheres Imigrantes, Refugiadas e Apátridas significa contribuir para políticas públicas mais inclusivas e sensíveis, promovendo a dignidade e os direitos humanos de todos. É uma oportunidade única para se envolver na construção de um futuro mais justo e solidário para aquelas que migraram em busca de uma vida melhor.

comigrar cta

Inclusão e Representação:

A conferência está empenhada em garantir a inclusão e representação de todas as mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas. As organizadoras da conferência reconhecem a importância de garantir que as vozes de todas as mulheres sejam ouvidas e valorizadas.

O Papel das Mulheres Brasileiras:

Embora a conferência seja focada nas experiências das mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas, as mulheres brasileiras também desempenham um papel importante no processo. Mulheres brasileiras que apoiam os direitos destas mulheres podem participar da conferência e oferecer seu apoio e solidariedade. Também podem ajudar para que este evento chegue em mais mulheres migrantes, refugiadas e apátridas.

Considerações importantes sobre esta Conferência Livre Nacional

Apenas mulheres (cis e trans) podem participar com direito a voz. O voto será restrito a mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas no Brasil, brasileiras naturalizadas, brasileiras retornadas ou brasileiras morando no exterior. Mulheres brasileiras no Brasil podem participar, mas não votar. Homens de qualquer nacionalidade não podem participar, porém podem ajudar na divulgação desta conferência.

Sobre a 2ª COMIGRAR

A Conferência Nacional das Migrações será realizada na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, nos dias 7, 8 e 9 de junho deste ano. Organizada pela Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senajus/MJSP), marca uma década desde a primeira conferência e tem como tema "Cidadania em Movimento".

Temas e Tópicos Abordados na II COMIGRAR:

A 2ª COMIGRAR abordará uma ampla gama de temas relacionados à migração, refúgio e apatridia. Alguns dos tópicos que serão discutidos incluem migração internacional, refugiados venezuelanos, migração haitiana, tráfico de pessoas, trabalho decente, acesso à educação e acesso à saúde. Além disso, a conferência também abordará questões como regularização migratória, acolhimento e inclusão social.

Inscrições para a Conferência Livre Nacional “Direitos das mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas”

A Conferência Livre Nacional sobre os Direitos das Mulheres Imigrantes, Refugiadas e Apátridas é uma oportunidade única para estas mulheres se reunirem, compartilharem suas experiências e lutarem pelos seus direitos. Ao participar desta conferência, as mulheres imigrantes têm a oportunidade de se empoderar, construir redes de apoio e influenciar o desenvolvimento de políticas públicas. Junte-se a nós nesta importante jornada e faça parte da luta pela justiça e igualdade para todas as mulheres imigrantes, refugiadas e apátridas.

comigrar cta

Ainda há tempo para participar, esperamos você e suas propostas!

  • Acessos 2192

Compartilhe este conteúdo com seu contatos!